[RP ABERTA] Abracadabra

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[RP ABERTA] Abracadabra

Mensagem por Masquerade em Ter Out 14, 2014 1:29 pm


Abracadabra
Essa rp se passa na noite do dia 1 de outubro . É o primeiro dia do "mês das bruxas", e os campistas estão se reunindo no Anfiteatro para comemorar tal data. É uma RP aberta, e o uso de fantasia é obrigatório.

A contagem de pontos terá início a partir dessa RP, portanto, lembrem-se de deixar a sua imaginação solta!
see ya, gabs
avatar
Masquerade
Bloggers
Bloggers

Mensagens : 137
Data de inscrição : 06/07/2014

Ver perfil do usuário http://humbugcamp-rpg.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Abracadabra

Mensagem por Hanna Roux Overwhelming em Ter Out 14, 2014 4:27 pm



you close your eyes

Cause this is thriller

you're outta time


Encarei impaciente ao relógio acima da penteadeira e suspirei em busca da serenidade que era extinta a mim a algum tempo atrás; mas especificamente desde que as coisas em minha vida começaram a se tornar bem mais complicadas do que deveria ser. Os minutos passavam de forma vagarosa e eu me encarava defronte ao espelho tendo em cerca de milhões  de pensamentos a casa segundo que passava. Um único na verdade parecia ter uma grande importância, o baile de halloween. Festas eram sim sinônimo de problemas, contudo, eu não estava a me importar muito com isto, queria mesmo ir a qualquer lugar que não precisasse pensar em mais nada que não fosse o quão louca eu deveria estar. Se não fosse pela festa aquela seria mais uma longa e tediosa semana o acampamento, isto era algo comprovado. Eu sabia o quão seria impactante o retorno da Queen Bee do Humbug a suas noites de garota festeira. Depois que meu nome fora visto no famoso blog Masquerade eu evitava ao máximo envolver-me em qualquer assunto que me fizesse ir para lá, principalmente quando este estava na companhia  de uma alcunha tão famosa; Alemão. Caine Wolff.  Não queria em hipótese algum meu nome relacionado a supostos envolvimentos em decadentes blogs de notícias da vida alheia. Nunca

A porta do meu dormitório se abriu e em passos apressados Cece adentrou ao cômodo com meu traje da noite revestido em uma capa enegrecida em mãos, ela era seguida por mais algumas pessoas, Paolo e Serena, os novos rostos do chalé um e sedentos por minima popularidade. Bati estrategicamente duas palmas que ecoaram pelo recinto e todos congelaram, sorri maliciosamente e encarei-os pelo reflexo do espelho. — Temos algumas horas antes da festa. Sem demoras, ok? Detesto chegar atrasada.  — Estalei os dedos e os campistas retomaram seus afazeres e eu mantive-me recostada no dossel de minha cama queen size de olhos fechados e reproduzindo mentalmente o como aquela festa seria interessante. "Sim, plebeus, estou voltando.", exclamei em mente com um lascivo sorriso nos lábios e um desejo grandioso por novidades.


***


Finalmente, estava devidamente pronta para ir a festa, e descia a escadaria de entrada do chalé em direção ao grupinho de que aguardava a mim. Trajava a uma peça exclusiva, sequer aparentava ser um modelito tão refinado, parecia perfeito para minha caracterização de Cisne Negro; era curto e negro, sua saia era tão rodada que podia facilmente ser assemelhada a um tutu de Ballet, um decote geométrico e um tom esverdeado oscilava pelo tecido enegrecido, semelhando-se a penugem de um cisne. As joias da Tiffany's que acompanhavam ao look não eram tão extravagantes, como sempre a pulseira de ouro branco localizava-se em meu pulso direito. As madeixa douradas encontrava-se numa trança que alinhava-se ao topo de minha cabeça num perfeito coque. Minha face extremamente pálida pela maquiagem era parcialmente cobrida por um curto véu preso ao meu coque e o tom negro entrava em um contraste gracioso com meus marcados cílios e os lábios enegrecido minimamente. Fitei com repulsa ao grupo defronte ao chalé e só após muito analisar notei o motivo da plateia. Um pouco distante destes, no fim dos degraus estava uma figura totalmente caracterizada de Skeleton Jack e foram poucos os segundos que levei para reconhece-lo. — Caine.  — Murmurei levemente surpresa mas mantendo o falso semblante apático. Suas palavras logo foram ditas com seu usual jeito único de garoto problemático e logo sua intenção fora revelada. "Estive a sua espera, Rainha. Vamos, ou iremos nos atrasar para a festa." Mantive-me parada degraus acima dele e por um instante cogitei recuar se não fosse pelos olhares entretidos dos que nos cercavam. O sorriso de Caine mostrava uma mensagem silenciosa e irritante: "Então, garota. Irá dar pra trás?" — Aprendi uma coisa com minha princesa belga. Realezas nunca se atrasam, os demais que afobam-se e chegam cedo demais. — Sorri minimamente para o garoto que manteve a mão estirado em minha direção e peguei seu braço abruptamente, recusando a oferta antecedente. Juntos, prosseguimos com o caminhar em direção a adjacências ao anfiteatro; local designado a festa.  Meus passos firmes porém graciosos contrastavam-se com o meu modelito, tendia a caminhar como se estivesse a desfilar, um velho hábito. Ignorei ao olhares deslumbrados dos campistas por quem eu atravessava o caminho e graças ao par de sapatilhas, o espetáculo teve um rápido fim,  em poucos instantes estávamos defronte ao anfiteatro.

Meus olhos analíticos solviam ao cenário fantasmagórico que pairava pelo anfiteatro e deixei que um sorriso de deslumbre tomasse meus lábios. — Nossa.  — Balbuciei, caminhando lentamente pelo espaço perfeitamente arrumado num estilo tão aterrador que por segundos senti-me presa a um pesadelo. — Ótima maneira de retornar a festas.  — O pensamento fora tão alto que eu havia o entoado num murmurio vago, sequer tratei de certificar-me se Caine havia ouvido, mesmo que e eu estivesse torcendo para que não. Eu não estava nem um pouco afim de ser questionada pelo súbito momento garota de boa índole no qual me encontrava nos últimos meses. — Você está horrível Caine. Bela fantasia. — Gargalhei, olhando o de canto enquanto atentava-me aos demais que nos cercava uma tentativa de não me interessar por tê-lo elogiado, de uma maneira torta mas eficaz; estávamos numa festa de halloween afinal, quando pior melhor, certo?


with; Caine Outfit; here #Buh!



©

_____

all in line for the throne
Baby be the class clown i'll be the beauty queen in tears
avatar
Hanna Roux Overwhelming
Chalé 1
Chalé 1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Abracadabra

Mensagem por Caine Wolff Hömenneg em Ter Out 14, 2014 5:13 pm


Our man Jack is King of the Pumpkin Patch

RP aberta, com Hanna, no anfiteatro. A fantasia que veste é a uma do Jack Skeleton. Quem não conhece, favor pesquisar no google q. A música é This is Halloween, da banda Marilyn Manson.
O alemão não podia estar mais satisfeito consigo mesmo. Havia conseguido achar sua fantasia em meio sua bagunça que chamava de armário e, apesar de ter sido vestida às pressas, caíra bem no moreno. Com um terno de conjunto listrado preto e branco, somados à famosa gravata semelhante à um morcego e a maquiagem branca que cobria sua cara - exceto em volta dos olhos, que eram negros -, só uma coisa faltava. Ouviu então, um pigarreio atrás de si. Quando se virou, reconheceu a garota. Samantha, não era?
Ér... Eu imaginei que você iria gostar disso, Caine - a voz saiu nervosa. Com os braços visivelmente tremendo, a loirinha estendeu um chapéu para ele. Preto e longo, parecia ter saído do filme A Noite Antes do Natal. Era perfeito. Wolff sorriu, não precisando forçar, estando satisfeito ao extremo.
Bom, acho que estou te devendo um "obrigado", Loira. Onde conseguiu isso? - ela fez uma cara que realmente não combinada com seu rostinho, antes de responder:
Ah... Você saber, né? Cobrei uns favores de amigos do meu pai, já que eles participaram da produção do filme do Skeleton Jack. Aí, quando eu soube que a sua fantasia seria- - ela teria continuado por mais trinta minutos, até que foi interrompida pelo alemão, que já havia colocado-a em sua cabeça.
Sim, sim. Aposto que a história é incrível, mas tenho uma Rainha para esperar - e, assim, sem mais nem menos, foi embora, deixando a garota sozinha.

Hanna. Ou, melhor, Queen Bee, como uma infame blogueira apelidara. De primeira, o apelido seria tosco, mas quando se conhecia a garota, fazia todo o sentido. Ela era, sem dúvidas, digna de tal título. Bom, seria mais digna se não demorasse tanto para ficar pronta.
E aí? Quando ela vai aparecer? - um dos garotos perguntou, em um meio cochicho para uma das servas da Loira.
Nem sei. Acho que ainda está se maquiando - ao ouvir isso, Caine quase desistiu de sua surpresa. Ao invés disso, sentou-se em um dos sofás da sala comum e acendeu um cigarro, com o celular na outra mão. Começou então, a reler o post que mencionava-o tantas vezes. Ainda sentia-se meio incomodado com o fato de seu "momento" com Aahron ter se espalhado, mas o que realmente cutucava o canto mais excluso de seu cérebro era a menção de seu encontro com Hanna.
Quando seus pensamentos começaram a ser mais profundos, ele ouviu uma nova voz feminina:
Ela está vindo! - com isso, levantou-se, guardando o celular. Apagou o cigarro e fez o mesmo com este. Quando a Loira finalmente apareceu, deu um sorrisinho, analisando-a da cabeça aos pés. É, ela era digna de seu título.

Caine - murmurou, como se estivesse surpresa. Estendeu uma mão. Gesto extremamente desnecessário, já que a garota agarrou-se a seu braço.
Sabe, da próxima vez eu marco o nosso encontro uma hora antes do horário real. Quem sabe assim você chega cedo - Caine riu depois de falar, tendo seu riso aumentado com a resposta dela.

A noite seria longa.

Chegando no Anfiteatro, Hömenneg fez um lembrete para parabenizar os responsáveis pela festa. O lugar estava ótimo. Com uma olhada de esguelha para a sua acompanhante - e tentando ver um pouco mais do que o decote permitia -, percebeu que ela também havia ficado impressionada.
Obrigado, Vossa Alteza. Sinto-me lisonjeado com o seu ãh elogio - sorriu novamente, após ouvir o que a loira tinha para fala. Olhou em volta, procurando algum outro conhecido — Enquanto o resto não chega, me dá a honra de servir alguma coisa para a Rainha[/i]? - fez uma reverência profunda, como vira em filmes tantas vezes. Observou-a novamente, prestando mais atenção aos detalhes — Só percebi agora - acho que foi a falta de altura -; sem saltos, Alteza? Que decepção - debochou, com o brilho malicioso e irônico característico no olhar.
Ao longe, percebeu que o "resto" estava chegando, aos poucos. Virou-se para ela novamente, dessa vez estendendo o braço, já que a mão não havia rolado.

Vamos? Ah, antes que a senhorita pense em recusar meu bondoso gesto de afeto, saiba que é falta de educação colocar seus pretendentes para baixo, Rainha - o alemão sorriu novamente, um sorriso que combinava com o seu olhar.
Em sua mente, segundas, terceiras e até mesmo quartas intenções passavam. Ah, sim. Não importava o quanto sua reputação sofresse, seu ego continuaria maior que o mundo, e sua personalidade, estava longe de mudar.

Afinal, todo show precisa de um apresentador. E, digamos que, com a sua quase que necessidade por isso, ele era perfeito para o papel.
thanks, ♛ and ▲

_____


Skeleton Jack
wolff
everybody scream in our town of halloween

avatar
Caine Wolff Hömenneg
Chalé 1
Chalé 1

Mensagens : 34
Data de inscrição : 08/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Abracadabra

Mensagem por Hanna Roux Overwhelming em Ter Out 14, 2014 7:00 pm



He used to call me DN

With his ultraviolence

stood for deadly nightshade


O quão eu poderia suportar por uma noite inteira estando na presença de Caine? Os olhares alheios sequer me incomodavam  — mesmo que um destes olhares fossem de ninguém menos que uma anônima que aparentava problemas mentais ou bastante apreço pela elite do Humbug -, os múrmuros também não me instigavam, afinal, sendo quem eu era eu já estava mais que habituada a ser tópico de diálogos, sendo estes bons ou ruins. O que me incomodava na verdade era tudo que havia por detrás dos nossos sorrisos falsos e olhares discretos; eu o conhecia, pelo menos parcialmente. Eu sabia o quão podia ser intenso para o garoto a matéria sobre nós no blog. E lá estava eu, mais uma vez afundando-me nos problemas que tendiam a me cercar. "Festa, Hanna. Festa!" Exclamei interiormente segundos antes de ter a atenção tomada pelo sotaque levemente exótico de Caine, suas palavras oscilando entre uma inesperada gentileza e a usual provocação trocada entre nós. — Por favor, Wolff, não me faça correr de volta para o chalé em busca de meus saltos altos. Já bastou a grandiosa luta que foi para que eu os trocasse por este par de sapatilhas.  — Revesti o timbre de indignação ao mencionar os calçados nada costumeiro para mim; pelo menos não nos tempos atuais, se não levasse em conta o Ballet frequentado por mim a anos atrás.

— Sim, eu preciso de uma bebida.   —  Revirei os olhos, tomando mais uma vez os braços de Caine e desta vez ousei aperta-lo com mais precisão, pude sentir seu músculo flexionado por baixo de toda a camada espessa de seu terno. Quando o olhei o vi sorrir da maneira usual de sempre, tão cafajeste. Quantas já havia sido facilmente tomadas por aquele simples e irritante sorriso? — A proposito, pretendente, eu não necessito de um par de saltos para ser grandiosa. Leve-me para beber algo. — E tão prontamente ele o fez, impulsionando-me a caminhar ao seu lado pelo lugar em busca de um drinque. Mais olhares. Não pude conter o sorriso malicioso que se desenhou em meus lábios enquanto fitava o deslumbre de muitos ao enxergar-nos. O quão aquilo poderia ser interessante visto ao olhar de terceiros? Hanna e Caine, num festa, juntos como se compartilhassem uma amizade de longa data enquanto um nutria pelo outro tanto desejo quão empatia, pelo menos por minha parte havia tal lado contrário, certos momentos eu simplesmente o odiava.

O bar tornou-se visível e com firmes passadas puxei Caine em tal direção. Debrucei-me sobre a divisória de mármore, tamborilando os dedos contra os lábios enquanto analisava a diversidade de drinques dispostos ao público. — Duas doses de whisky, com gelo na minha. Na do cavalheiro eu recomendo um pouco de veneno.  — Um gratificante sorriso maldoso iluminou minha face enquanto eu desviava do barman á Caine. — Tantas pessoas e as únicas que me interessam sequer deu as caras. Onde está Twyla e Nadia? — Fuzilei acusadoramente a figura de Caine a minha frente antes de percorrer com os olhos por todo o perímetro  do anfiteatro. — Aliás. Qual foi o motivo da surpresa? Eu não me recordava de ter dito que iria vir em sua companhia para a festa. Pode me dizer o que te levou a tomar esta decisão inesperada. — Fora tão natural a forma na qual a pergunta havia saído que quanto notei o quão aquilo realmente era instigante parei de evita-lo e encarei seus olhos com nítida curiosidade. Eu estava sim surpresa com sua ação, mas por parte, eu sinceramente sabia que de um jeito ou de outro eu não escaparia de Caine aquela noite, só não esperava que tal encontro fosse tão cedo assim.


with; Caine Outfit; here #Buh!



©

_____

all in line for the throne
Baby be the class clown i'll be the beauty queen in tears
avatar
Hanna Roux Overwhelming
Chalé 1
Chalé 1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Abracadabra

Mensagem por Caine Wolff Hömenneg em Qua Out 15, 2014 11:29 am


Our man Jack is King of the Pumpkin Patch

RP aberta, com Hanna, no anfiteatro. A fantasia que veste é a uma do Jack Skeleton. Quem não conhece, favor pesquisar no google q. A música é This is Halloween, da banda Marilyn Manson.
Sabe, eu até que me surpreendi, quando você aceitou vir comigo, mesmo que a decisão tenha sido feita às pressas e meio que à força - Caine falou, enquanto iam para o barzinho que havia sido montado. No caminho, reparou em duas novatas, vestidas de enfermeiras. Deu seu infame sorriso de lado e piscou para elas. Já estava parando para conversar, quando Hanna o puxou novamente. Rolou os olhos — Você sabe que flertar um pouco faz bem 'né? - deu de ombros, deixando o assunto para lá.
No cavalheiro, eu recomendo um pouco de veneno - o alemão encarou ela, ligeiramente divertindo-se. Virou-se então para o atendente.
Na verdade, me dê o que você mais tiver de forte aí. Para passar a noite do lado da Rainha aqui, vou precisar - os dois homens riram. Bom, o bartender riu até se retirar para preparar as bebidas, e o moreno, até que a próxima pergunta da Loira fosse feita.

E eu lá sei? Bom, só a Nadia que estou meio surpreso por não estar aqui ainda. Ela é geralmente daquelas que ficam prontas rápido - e lá estava. Outra insinuação sobre o atraso da Queen BeeMas, sendo sincero, duvido que a Hitler chegue muito cedo. Ela gosta de fazer uma "cena", como todo mundo diz, não é mesmo? - riu. Aquele riso que ninguém sabia se era forçado ou descontraído. A esta altura do campeonato, nem mesmo Wolff saberia dizer.
Ela então, perguntou sobre a "surpresa" preparada. Ficou pensativo por um tempo, até que falou:
Na verdade, eu só queria vir com alguém. Você era a mais próxima e melhor escolha. Por mais que todo mundo ache, não gosto tanto assim de ficar acompanhado de garotas sem nada no cérebro - sabendo que teria que consertar a sua frase, a fim de manter sua "reputação", ele logo sorriu novamente, desta vez um sorriso cafajeste e acrescentou — Só na cama, é claro - aproximou-se mais do que o apropriado e necessário da Loira e segurou o queixo dela — Mas, obviamente, eu faço algumas exceções, se a pessoa valer a pena - e, nessa hora, o barman voltou, com as bebidas, sem perceber que havia interrompido algo.

Caine afastou-se e pegou ambos os copos e deu o que era para a Loira para ela.
Bom... Um brinde àqueles que não se atrasam e que, por causa disso, têm que ficar esperando pelos colegas que se atrasam - riu. Com essas palavras, levou a bebida à boca. Reconheceu seu gosto de cada. Vodka. Apreciou a sensação de queimação passar pela sua garganta, até que retirou um maço de cigarros do bolso. Acendeu este, dando uma tragada. Ofereceu para a Loira, o sorriso ainda no rosto.
Quer procurar por elas, Vossa Alteza? Tenho certeza de que daqui a pouco chegam e, como os bons amigos que somos, deveríamos ao menos esperar por eles - franziu a testa, pensando melhor — Eu acho - não pela primeira vez na noite, deu de ombros — Talvez depois, você me deixe testar se essa garota em baixo dessa fantasia dança tão bem quanto aparenta, hein?

Riu, com mais uma tragada e mais um gole de vodka. se continuasse nesse ritmo, iria embebedar-se rapidamente. Considerou a possibilidade internamente. Não. Hömenneg queria, ao menos uma vez, lembrar-se de todos os acontecimentos da noite anterior na manhã. Ainda que relutantemente, colocou seu copo no estande - dando um último gole - e virou-se para Hanna.
Ãh.. Vamos?
thanks, ♛ and ▲

_____


Skeleton Jack
wolff
everybody scream in our town of halloween

avatar
Caine Wolff Hömenneg
Chalé 1
Chalé 1

Mensagens : 34
Data de inscrição : 08/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Abracadabra

Mensagem por Hanna Roux Overwhelming em Seg Out 20, 2014 3:59 pm



He used to call me DN

With his ultraviolence

stood for deadly nightshade


Caine agia do seu modo habitual, galante e genuinamente cafajeste. E era horrível admitir mas eu havia sentido falta daquilo. Poucas foram as vezes em que conversamos ou compartilhamos de um momento a sós. Por longas semanas mantive-se inerte no meu dormitório recusando-me a ter contato com o mundo exterior se não fosse por causas extremamente indispensáveis, como uma atividade de acampamento e afins. Podia-se dizer que o pivô para tudo isto era ninguém menos que a onipresente ser denominado Masquerade. O quão perigoso podia ser ter um anonimo lhe vigiando vinte e quatro horas por dia e publicando cada um de seus passos? Isto era tão perigoso quanto era instigante. Nunca tive problema em ser tópico de assuntos gerais, não seria agora que eu deixaria isto me afligir, certo?

Com o findar do brinde, tomei um longo e sedento gole do drinque, o amargor me fizera se sentir revigorada, viva mais uma vez, como se fosse o suficiente para que tudo não fizesse qualquer importância e só a diversão. Por poucos instantes cogitei a ideia de sair a procura de minhas amigas. Eu precisava vê-las mais uma vez, de um modo completo, sem conversas longas e sérias e sim uma dança frenética, risos divertidos e abraços apertados. Mas isto podia esperar, certo? Se elas aparecessem seria fácil acha-las. Bastava que eu seguisse os olhares afoitos dos espectadores. — Podemos procura-las depois. Eu quero dançar, Wolff.  —  Outro gole e fora inevitável não findar a bebida. Com uma nítida ousadia aproximei-me de Caine e furtei de seus lábios o cigarro que ele usualmente tinha em mãos. Estreitei o olhar repreendendo-o e joguei o baseado ao chão, pisando firme neste e encarando-o com uma falsa doçura. — Você deveria maneirar com o cigarro. Se você morrer por causa destas drogas a quem eu irei torturar?  — Dedilhei os lábios devidamente pintados de branco do garoto e mantive o dedo indicador em seu queixo, o puxando sem sequer preocupar-se em caminhar de costas, apenas mantive meu olhar no dele e segui cambaleando até as adjacências da pista de dança.

— Dança comigo, Skeleton Wolff? — Soprei um riso baixo antes de deixar que meu corpo fosse guiado pelo ritmo pulsante e envolvente da canção que entoava pelo anfiteatro. Cada batida fazia-me tremer, meu quadril parecia ter vida própria e balançava de modo genuíno e gracioso. Caine perdeu pouco de seu tempo encarando-me dançar com algo indecifrável no olhar e isto me arrancou um sorriso débil que logo tratei de desfazer. — Se você não sabe dançar deve pelo menos fingir que sabe. — Murmurei, soprando um beijo para ele antes que lhe desse as costas e inciasse uma sequência de rebolados ritmados, aproximando-me dele com sutileza enquanto fingia não notar os olhares oscilares entre nós. Que olhem, era um belo espetáculo a ser observado, afinal.


with; Caine Outfit; here #Buh!



©

_____

all in line for the throne
Baby be the class clown i'll be the beauty queen in tears
avatar
Hanna Roux Overwhelming
Chalé 1
Chalé 1

Mensagens : 33
Data de inscrição : 08/07/2014
Idade : 20

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [RP ABERTA] Abracadabra

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum